Duzentose quatro autocarros foram entregues, há dias, a cinco cooperativas de transportadores privados de passageiros, que operam nas cidades de Maputo e Matola, nos distritos de Boane e Marracuene, e noutras capitais provinciais.

O facto ocorre num momento em que persistem desafios no sector de Transportes e Comunicação, devido à gritante carência de meios circulantes. Diariamente, assiste-se a uma azáfama em que cidadãos atrelam-se em alternativas, algumas das quais embaraçosas e perigosas, para tornarem possível o cumprimento das suas metas de vida.

Com efeito, carrinhas de caixa aberta, vulgarmente conhecidas como my love, constituem, entre poucas, uma opção que submete o cidadão a situações embaraçosas, e um claro indicativo de que urge agir com vigor para a alteração deste quadro.

Mediante a grave crise, algumas medidas foram experimentadas, de forma a oferecer um serviço de transporte público mais eficiente e confortável. Destaque-se, neste caso, a assinatura dos acordos de cooperação económica e técnica, entre Moçambique e China, nos anos de 2015 e 2016, o que resultou na entrega de alguns autocarros.

Leia mais...

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 174 visitante(s) ligado(s) ao Jornal