Taxas de juro dão sinais de redução

Jorge Rungo
jorge.rungo@snoticicas.co.mz
A taxa de juro de referência do sistema financeiro, também conhecida como “Prime Rate”, tem estado a descrever uma trajectória decrescente, facto que começa a se reflectir na redução das taxas de juro aplicadas pelos bancos comerciais.
A redução do “Prime Rate” resulta da introdução, em Maio do ano passado, de um Indexante Único para a formação do preço do dinheiro que os bancos emprestam aos seus clientes.
Lá se foram os tempos em que cada instituição financeira que opera no mercado nacional definia as suas taxas de juro com base numa “pilha” que, para além de encarecerem o dinheiro, reduziam a competitividade do sector bancário nacional e a apetência dos clientes pela contratação de créditos.
Até Maio do ano passado, os bancos comerciais indexavam as taxas de juro a vários instrumentos, incluindo à Facilidade Permanente de Cedência (FPC), que é a taxa que lhes é aplicada quando solicitam um empréstimo ao Banco Central e que possui taxas de juro mais elevadas.
 

Editorial

Carreiras dos professores primários e secundários
domingo, 07 janeiro 2018, 00:00
Decididamente, 2018 poderá ser ano memorável para os professores dos ensinos primário e secundário, com a introdução, em breve, de carreiras profissionais, medida... Leia Mais

Versão-Impressa


Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 442 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador