Política

    Nacional

      Sociedade

        Cultura

          Redacção

          As exéquias de Afonso Dhlakama, falecido a 3 de Maio, na Serra da Gorongosa, vítima de doença, terão lugar quinta-feira, no distrito de Chibabava, sua terra natal, em cerimónia oficial, conforme anunciou ontem a Comissão Política Nacional da Renamo, reunida na cidade da Beira, local que, aliás, vai acolher o velório, na quarta-feira.

           Dhlakama morreu numa altura em que a sua equipa se preparava para o transportar para a cidade da Beira, de onde seria levado para tratamento hospitalar no estrangeiro.

          Na sexta-feira, o Conselho de Ministros determinou a realização de um funeral oficial para o líder da Renamo, no âmbito da lei que aprova o Estatuto Especial do líder do segundo partido com assento parlamentar, e criou uma comissão que tem a tarefa de prestar apoio e assistência à família enlutada. Tal equipa integra Isaque Chande, ministro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos; Carlos Bonete, das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos e, ainda, a vice-ministra da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Celmira da Silva.

          Reunido em sessão extraordinária, o Conselho de Ministros decidiu ainda adiar a visita do Chefe de Estado à Finlândia e Noruega.

          Sucessor deve

          honrar compromissos

          O sucessor de Afonso Dhlakama na liderança da Renamo deve honrar os compromissos assumidos, no concernente ao pacote da descentralização depositado na Assembleia da República (AR) e outros, tendo em vista o alcance da paz definitiva. Este é o posicionamento de algumas personalidades ouvidas pelo domingo,a propósito da morte quinta-feira do líder deste partido na oposição, vítima de doença.

          A morte de Afonso Dhlakama, na Serra da Gorongosa, província de Sofala, surpreendeu a muitos dentro e fora do país, sobretudo, porque se via nele uma das peças fundamentais para o encerramento dos dossiers da Descentralização, Desmobilização, Desmilitarização e Reintegração (DDR) das forças residuais da Renamo.

          Eis algumas opiniões colhidas pelo domingo:

           Leia mais...