O presidente da Liga Desportiva Muçulmana de Pemba, Satar Abdul Gani, ameaça retirar a equipa das provas de futebol 11 no próximo ano, caso a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) não decida a seu favor os protestos sobre a veracidade dos resultados de alguns jogos da Divisão de Honra, zona norte, edição-2017. Promete competir apenas no futebol de salão, ao nível da capital provincial.

A direcção da Liga Desportiva Muçulmana de Pemba remeteu, em finais de Outubro, um recurso à FMF no qual apresenta a sua inquietação sobre a homologação dos resultados da Divisão de Honra, zona norte, consagrando vencedor o Sporting de Nampula.

A Liga de Pemba entende que não se cumpriu com rigorosidade os regulamentos desportivos, pois, fala de muitas irregularidades que poderia ter ditado a desqualificação de algumas formações, nomeadamente as Águias Especiais de Lichinga.

Figuram, entre tais “desvios”, a falta de comparência e a utilização ilegal de jogadores.

Segundo o presidente da Liga Desportiva Muçulmana de Pemba, as Águias Especiais de Lichinga faltaram dois jogos das últimas jornadas sem justificação.

Facto que deixa Gani triste é que, mesmo depois de ter feito as denúncias, a FMF não se deu tempo de seguir o caso, apenas limitou-se a dizer que a declaração dos árbitros não confirma a utilização irregular de jogadores.

Abibo Selemane

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique

Mais lidas