FUTEBOL: Costa do Sol conquista Taça de Moçambique

Redacção

O Costa do Sol conquistou ontem à noite a Taça de Moçambique, em futebol, após vencer a União Desportiva do Songo por uma bola a zero, em desafio disputado no Estádio Nacional do Zimpeto.

Foi necessário esperar-se 115 minutos para ver-se um golo no Zimpeto. Aliás, o tento de Isac surgiu numa altura em que já se faziam as contas para a marcação de grandes penalidades, considerando a evolução da partida.

O avançado “canarinho” acabou temperando um jogo com pouco sal e motivos de interesse, muitas vezes disputado na zona intermediária e sem qualquer perigo em ambas as balizas. Os guarda-redes passaram muito tempo como meros espectadores.

Depois de certo atrevimento nos primeiros 45 minutos, com alguns rasgos ofensivos, na segunda parte o desafio baixou de qualidade por força da ansiedade indisfarçável na maioria dos jogadores.

A mesma tendência dominou os primeiros 25 minutos do prolongamento, até que Isac foi desmarcado à esquerda do seu ataque, galgou terreno e disparou forte para surpresa de Swin, que tanto se esticou mas não conseguiu evitar o golo vitorioso.

No final do encontro, o técnico do Costa do Sol, Nelson Santos, disse que, independentemente do resultado, o Costa do Sol demonstrou qualidade ao longo da época e será mais forte nos próximos tempos.

– Somos vice-campeões, conseguimos vencer a Taça. É um projecto a longo prazo, de continuidade, não termina aqui. Consegui cumprir a minha promessa, dedico a vitória a toda a minha equipa de trabalho, jogadores, direcção. Agora vamos desfrutar o momento e a partir de amanhã começamos a preparar o futuro.

Chiquinho Conde, por sua vez, congratulou o adversário pela vitória e observou que a final juntou as melhores equipas do ano.

– Parabéns ao Costa do Sol, o título foi bem entregue depois duma final entre as duas melhores equipas ao longo da época. Estivemos frescos, a espaços eles fizeram anti-jogo. Tivemos uma contrariedade no início do jogo, a lesão de Banda, o que condicionou a nossa estratégia. O Costa do Sol conseguiu marcar nas poucas oportunidades que teve, o futebol é assim mesmo.

FICHA TÉCCNICA

Árbitro: Aníbal Armando, assistido por Arsénio Marrengula e Zacarias Balói.

Quarto árbitro: Simões Guambe

Disciplina: Cartão amarelo para Mfiki, Chico, Isac e Mário

UD Songo:Swin, Tony, Mucuapel, Mano, Gildo, Cremildo, Kambala, Banda (Mayunda, 23´), Luís Miquissone, Mário (Jojó 96´) e Parkim (Betão, 110´)

Costa do Sol: Guirrugo, Kito, Manucho, Chico, Salomão, Gerson, Hilário, Nelson (Lineker, 97´ ), Mfiki (Loló, 70´), Isac (Tchitcho, 117´) e Mbulu.

 

Editorial

Fechar a cadeia de valor da agricultura
domingo, 29 outubro 2017, 00:00
Como manda a praxe, foi lançada, semana passada, a campanha agrária 2017-2018, numa cerimónia havida num dos distritos mais produtivos da província de Maputo – Moamba. A... Leia Mais

Versão-Impressa


Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 504 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador