BASQUETEBOL: Os jogos de Dakar não serão fáceis

– Custódio Muchate, jogador da selecção nacional

Texto de Abibo Selemane
abibo.selemane@snoticias.co.mz

O basquetebolista internacional Custódio Muchate é dono de uma capacidade reconhecida a nível nacional pelo seu envolvimento, entrega, luta e ressaltos nos jogos. Tem 20 anos de carreira, dos quais 10 anos pela selecção nacional de basquetebol. Foi formado pela Académica de Maputo, mais tarde transferiu-se para o Ferroviário de Maputo e depois Desportivo de Maputo. Neste momento, é jogador do Ferroviário da Beira mas vive na cidade de Maputo.

Em entrevista ao domingo, Muchate falou dos jogos de apuramento para o “mundial”. Considerou que não serão fáceis, porque, depois dos jogos de Maputo, as equipas adversárias já estão a fazer o TPC.

Como é que analisa as fases de apuramento para o “mundial”?

Tivemos uma excelente fase aqui em Moçambique, podia ter sido melhor. Ganhámos dois jogos e perdemos um, contra o Senegal. A fase que vem, em Dakar, não vai ser fácil; não porque cá tenha sido fácil. Será mais complicada porque as outras selecções, por aquilo que perceberam, poderão vir mais reforçadas com outro tipo de jogadores, com outro ritmo; enfim, com o TPC feito. Todo o jogo que vamos fazer lá é importante. Não podemos sair daqui convencidos de que ganhámos dois jogos. Aquilo vai ser uma batalha

Outros já estão a fazer o TPC. E nós?

Temos um corpo técnico excelente.

A preparação da fase anterior começou quando faltavam duas semanas para os  jogos...

Essas são questões que ultrapassam os jogadores. Mas a preparação tem de ser feita com antecedência, mas um mês é suficiente.

O que podemos esperar de si na selecção?

O que eu quero é tentar fazer história ou tornar algo histórico, que é colocar a selecção masculina no “mundial”.

Moçambique já participou em muitas provas e nunca conquistou o título continental. O que está a faltar?

Realmente há vários anos que Moçambique compete e não consegue sobressair. O meu ponto de vista é que nós não estamos a ter paciência na formação e acompanhamento do atleta, por isso é que várias vezes há atletas que nos iniciados são dados como esperança, mas que acabam não chegando aos seniores.

Mau!!!!

Leia mais...

Editorial

Assim também não!
domingo, 22 abril 2018, 00:00
Começa a ser preocupante a maneira como gente estranha ao sector da Saúde, vezes sem conta, passeia-se à vontade, nas nossas unidades sanitárias; sobretudo quando estas... Leia Mais

Versão-Impressa


Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 455 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador