“Mulheres Guerreiras” é o título de uma exposição de artes plásticas assinada por Silva Dunduro, artista plástico que por acaso é ministro da Cultura e Turismo de Moçambique, que pretende ser, a um só tempo, uma homenagem à mulher e também um gesto de solidariedade às vítimas do ciclone Idai.

Honrada com a presença do Chefe de Estado, Filipe Nyusi, a exposição estará patente no edifício-sede do BCI nos próximos 30 dias. A propósito da mesma, Filipe Nyusi afirmou que uma das coisas que disse ao artista Dunduro quando o convidou para dirigir o pelouro da Cultura foi “que ele continuasse a pintar” porque “faz parte da política do nosso Governo estimular os artistas a fazerem o seu trabalho”.

Composto por 51 quadros ‒onde aborda temas diversificados mas centrados na mulher ‒em que explora, sobretudo, a técnica mista sobre tela e ainda o uso de materiais como capulanas, milho, penas e outros, Dunduro oferece uma profusão de cores que invadem a alma de quem os contempla.

Leia mais...

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 203 visitante(s) ligado(s) ao Jornal