O Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, afirmou que os expositores e promotores do turismo promovem artistas nacionais e as suas obras. O pronunciamento foi feito durante a sexta edição do FIKANI – Feira Internacional do Turismo que decorreu em Maputo entre os dias 22 e 24 de Novembro corrente, sob o lema “Turismo Como Factor Dinamizador da Cultura”.

A feira, que junta empresas, firmas e agências nacionais e estrangeiras, é uma organização conjunta do Ministério da Cultura e Turismo e a Federação Moçambicana de Turismo e Hotelaria – FEMOTUR.

“Através das feiras vocês valorizam os artistas nacionais e suas obras no contexto de promoção do turismo. O turismo fortalece e dinamiza a economia e torna a cultura um factor gerador de emprego e renda”, defende Carlos Agostinho do Rosário.Dirigindo-se aos participantes e expositores, Carlos Agostinho do Rosário reconheceu o empenho. “A vossa participação nesta feira internacional do turismo, através da exposição dos diferentes produtos e serviços turísticos, demonstra o vosso compromisso para com o desenvolvimento socioeconómico do nosso país”.

 

Confirma, ainda, o crescimento do FIKANI, a diversidade de expositores nacionais e estrangeiros, desde hoteleiros, agentes de viagens, associações culturais e de turismo, companhias aéreas, instituições de ensino, restauração, entre outros.

Leia mais...

 
Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique

Mais lidas