O Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, afirmou que os expositores e promotores do turismo promovem artistas nacionais e as suas obras. O pronunciamento foi feito durante a sexta edição do FIKANI – Feira Internacional do Turismo que decorreu em Maputo entre os dias 22 e 24 de Novembro corrente, sob o lema “Turismo Como Factor Dinamizador da Cultura”.

A feira, que junta empresas, firmas e agências nacionais e estrangeiras, é uma organização conjunta do Ministério da Cultura e Turismo e a Federação Moçambicana de Turismo e Hotelaria – FEMOTUR.

“Através das feiras vocês valorizam os artistas nacionais e suas obras no contexto de promoção do turismo. O turismo fortalece e dinamiza a economia e torna a cultura um factor gerador de emprego e renda”, defende Carlos Agostinho do Rosário.Dirigindo-se aos participantes e expositores, Carlos Agostinho do Rosário reconheceu o empenho. “A vossa participação nesta feira internacional do turismo, através da exposição dos diferentes produtos e serviços turísticos, demonstra o vosso compromisso para com o desenvolvimento socioeconómico do nosso país”.

 

Confirma, ainda, o crescimento do FIKANI, a diversidade de expositores nacionais e estrangeiros, desde hoteleiros, agentes de viagens, associações culturais e de turismo, companhias aéreas, instituições de ensino, restauração, entre outros.

Leia mais...

 
Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 216 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas