A história dos Homens é prenhe de violência e roubos. Rouba-se desde o surgimento do Homem. Uma verdadeira praga. Noutros tempos roubava-se para sobreviver. Tribos lutavam até ao último Homem pela posse da terra ou dos produtos de caça. Era a luta pela sobrevivência.

Mudaram-se os tempos… as guerras agora são por causa do petróleo. Há quem adivinhe a água como o próximo estopim para as guerras. Mas isso são outras canções. Entre nós, rouba-se pela simples razão de que é possível fazê-loquase sempre impunemente.

Parece que alguns funcionários públicos entenderam que a ideia era mesmo essa: roubar. E toca a inventar maneiras de sacar do erário público. Engraçado. Fazem-no a luz do dia. Anunciam concursos públicos mas, pelos vistos, é só para “inglês ver” porque pela porta do cavalo, fazem-se negociatas de bradar aos céus.

Todos os dias somos metralhados com notícias de assustar o mais distraído dos homens. Alguém deve, urgentemente, devolver alguma lucidez a malta daqui.

Leia mais...