Desdea sua criação, o Homem sempre acre­ditou que existe uma força sobrenatural que o faz esquivar dos in­fortúnios. Inclusive da morte. Mas todos sabemos que ela, a morte, é uma certeza para to­dos os seres vivos. “Esta coisa de estar vivo sempre termina mal”, já o dizia um velho amigo de Bula-Bula. Que Deus o te­nha em boa conta.

Outra certeza, pura e crua, é que enquanto vivos os huma­nos enfrentam ciclos emocio­nais, sociais e económicos bons e maus, chamados de épocas das vacas que ora são gordas ora magras.

 Todavia, há quem deses­pere perante as desgraças da vida. Foi largado pela namo­rada, abandonado pela esposa, perdeu emprego, tem o filho drogado ou transformado num assaltante, enfrenta doenças, tem dívidas, sofre sevícias no lar, enfim.

E é justamente este campo, o das aflições, do desespero, da agonia, das incertezas e da dor que alguns indivíduos, sob a capa de religiosos, exploram com cada vez mais ousadia, te­atralidade e despudor.

Leia mais...

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique