Hágente que entrou para a história por força dos seus discursos. Martin Luther King, por exemplo, entrou e será sempre lembrado pelos famosos discursos e, sobretudo, pelo célebre “I have a dream” (tenho um sonho) de ver um mundo onde as pessoas, independentemente da sua cor e credo, vivam em paz.

Ou ainda o apelo de Louis Armstrong em “What a wonderful world” (que mundo maravilhoso). Outros também entraram para a história pelas piores razões, incluindo os seus discursos… Hitler e a sua tese vertida em “Mein Kampf” (A minha luta).

Mas a que propósito estas figuras foram convocadas? Simples. Pelo impacto das suas palavras. Pelo que representaram e ainda representam para a humanidade… para o bem ou para o mal… mas também para a galhofa. E neste último aspecto é que reside a cena dado que nas eleições que ainda fervilham ouviu coisas e loisas, sendo que uma ficou a zumbir nos delicados ouvidos de Bula-Bula por culpa de um “brada” chamado Manuel de Araújo.

Não é que o bom de Araújo – agora eleito pelo Partido Renamo –, durante a campanha eleitoral, disse poucas e boas sobre o MDM – partido pelo qual militou até há bem pouco tempo e chegou à presidência do município de Quelimane.

Leia mais...

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique